segunda-feira ,23 outubro 2017
Home / Geral / Com contribuição Governo do Estado, Sidrolândia recebe mais de R$ 1 milhão em investimentos
IMG_3269

Com contribuição Governo do Estado, Sidrolândia recebe mais de R$ 1 milhão em investimentos

Moradores do bairro Morada da Serra, em Sidrolândia, apostam na melhoria da qualidade de vida com o asfaltamento da principal via de acesso ao bairro. No local, a enxurrada formada em dias de chuva impossibilita o tráfego e alaga casas, prejudicando inclusive o acesso das crianças à escola. Agora, a via receberá obras de drenagem e pavimentação orçadas em mais de R$ 1 milhão – que serão custeadas por meio de emenda federal com contrapartida do Governo do Estado.
Em época de chuvas, a via fica intransitável e a comunidade tem muita dificuldade para se locomover.
No bairro, é grande a expectativa pelo início das obras. Principalmente entre os moradores da aldeia urbana Nova Tereré, que fica na parte baixa da rua João Straliotto e sofre com alagamentos em dias de chuva. No local, vivem cerca de 250 famílias. “Já cascalharam a via e não resolveu o problema, tem que ter obras de drenagem. Quando a água vem com força, desce no meio das casas”, contou o vice-cacique Josiel Hortêncio, de 41 anos.
Vice-cacique da aldeia urbana aponta local onde a enxurrada deságua, deixando via intransitável.
Além dos alagamentos, ele explicou que o local fica intransitável quando há chuva forte. “Não passa carro, moto, nem bicicleta e fica muito difícil passar até a pé”, detalhou. Na tentativa de amenizar a situação, os moradores fizeram abaixo-assinado pedindo que o transporte coletivo chegue até o final da rua. A resposta foi que o local não apresenta condições de tráfego.

Para não ficar isolada, a população enfrenta a enxurrada por várias quadras até chegar ao transporte coletivo. “As crianças chegam todas embarradas na escola, é um constrangimento”, lamentou.

Dependendo das chuvas não é possível nem sequer ir ao mercado, conta a dona de casa Roseni Adriana Mendes, de 42 anos, que mora há seis anos no bairro. Para impedir que a casa alague nessas ocasiões, ela teve de improvisar. “Quebrei parte do muro para a água ter vasão e não invadir a casa”, mostrou.

Fora do período das chuvas, a poeira castiga e acarreta problemas respiratórios, explicou o comerciante Sebastião Martins da Silva, de 57 anos. “Na época da seca as crianças acabam indo para o hospital porque a poeira é muita”, completou.

Segundo ele, o bairro todo está acompanhando com expectativa as notícias sobre a emenda do deputado federal Carlos Marun com a contrapartida do Governo que irão viabilizar a execução da obra. “É muito bom não só para mim como comerciante, mas para toda a comunidade que mora ao redor dessa rua”, avaliou.

Parceria
Marcelo Ascoli contou que não haveria condições de custear a obra com recursos municipais.
Prefeito de Sidrolândia, Marcelo Ascoli, contou que não haveria condições de custear a obra de drenagem e pavimentação com recursos municipais. “O que a gente arrecada hoje nos permite com muito sacrifício manter as estruturas públicas da Saúde, da Educação, da Assistência Social, do Desenvolvimento Econômico e do Desenvolvimento Rural”, explicou.

Por isso, a parceria com o Governo e a bancada federal tem sido a solução para o desenvolvimento do município. “Como o próprio governador diz: depois de eleitos, a gente não trabalha para partidos, a gente trabalha para o povo. Quem ganha com isso é a população”, afirmou Marcelo.

Segundo ele, o município tem sido prontamente atendido pelo Governo. “O governador Reinaldo Azambuja tem nos recebido com muito carinho, esteve aqui em Sidrolândia na entrega de duas patrulhas mecanizadas. Tem sido solícito estamos discutindo projetos futuros para Sidrolândia. A gente fica muito agradecido por essa parceria”, declarou.

Você pode Gostar de:

febre

Quem viajar para fora do estado deve se informar sobre vacina da febre amarela nas unidades de saúde

Pessoas que pretendem viajar para outros estados devem estar atentas ao seu cartão de vacinação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *